Curso para Concurso de Juiz do Trabalho e de Procurador do Trabalho.
Logo GEMT

Aluno de Direito terá monetização de canal bolsonarista penhorada

26 de julho de 2023

Por não localizar contas e valores suficientes para garantia de execução, juiz autorizou penhora de 30% da monetização do canal.

O estudante de Direito e youtuber bolsonarista Felipe Lintz terá 30% da monetização do seu canal do YouTube penhorada para pagamento de dívida. Assim decidiu o juiz de Direito Fabricio Henrique Canelas, de Mogi das Cruzes/SP.

Ao decidir, o magistrado ressaltou que não foram localizados via Sisbajud contas e valores suficientes para arrecadação de dinheiro suficiente à integral garantia da execução.

Assim, determinou a penhora de 30% dos créditos recebíveis em favor de Felipe Lintz, referente à monetização de seu canal junto ao portal YouTube, até atingir o limite do valor do débito de R$ 8.750,98.

Segundo a decisão, a empresa Google, responsável pelo portal, deve providenciar o depósito do montante em conta judicial.

O escritório Maldonado Latini Advogados atua no caso.

Processo: 0002560-30.2022.8.26.0361

Fonte: Portal do STF

Logo GEMT
Assine Nossa Newslleters
Subscription Form
Certificados de Segurança
Copyright © 2006 – 2024 - GEMT - ATOMTI.COM.BR
chevron-down